ELETRONICA GAUCHA
LEIA AS REGRAS DO FORUM E FAÇA O SEU REGISTRO :SEJA BEM VINDO .

ELETRONICA GAUCHA
Quem está conectado
10 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 10 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 255 em Qua 19 Jun 2013, 3:14 pm
Últimos assuntos
Estatísticas
Temos 8611 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Rafael Brencic

Os nossos membros postaram um total de 11160 mensagens em 5677 assuntos

Diseño Web
Parceiros



FAÇA UMA VISITA


VOCE SABIA QUE A UM CARIOCA POR TRAZ DA EVOLUÇÃO DA VÁLVULA TERMIÔNICA

Ir em baixo

VOCE SABIA QUE A UM CARIOCA POR TRAZ DA EVOLUÇÃO DA VÁLVULA TERMIÔNICA

Mensagem  MODERADOR JULIO em Ter 13 Mar 2018, 10:28 pm

Arthur Rudolph Berthold Wehnelt nasceu no Rio de Janeiro, Brasil, em 4 de abril de 1871. Seu pai Berthold Wehnelt, um engenheiro naval, veio ao Brasil para auxiliar o desenvolvimento da navegação. Arthur Wehnelt voltou cedo para a Alemanha onde estudou física na universidade de Berlim e seguida na universidade de Erlangen quando recebeu seu doutorado permanecendo até 1906 onde publicou o seu famoso trabalho intitulado: "On the emission of negative ions from glowing metal compounds and related-phenomena", sobre a invenção do catodo revestido com óxido. Em 1906 passou a lecionar na universidade de Berlim. Em 1926, torna-se diretor do Instituto de Física.
Wehnelt se dedicou a vários estudos. Dentre eles se destacam: descargas em gases rarefeitos, raios catódicos, raios-X, emissão foto elétrica bem como a termo condutividade de metais.
Em 1903 durante uma experiência sobre a emissão de elétrons em corpos quentes, notou que ao aquecer um fio de platina, repentinamente à medida que os raios catódicos eram projetados de certa pequena seção do mesmo surgia um intenso brilho azul.
A principio concluiu que isto poderia estar ligado a impurezas como óxidos metálicos oriundos do sistema de vácuo usado na rarefação dos tubos experimentais.
Partindo desta histórica experiência, como um arguto e prático pesquisador, Wehnelt usando várias substâncias finalmente concluiu que óxidos de metais alcalinos terrosos eram aqueles que conseguiam emitir maior quantidade de elétrons. 
Surge assim um dos mais importantes aperfeiçoamentos da válvula termiônica, o catodo revestido com óxidos de bário, estrôncio e cálcio, um prático e copioso emissor de elétrons, mais conhecido como catodo de Wehnelt, que por mais de 75 anos foi universalmente empregado na fabricação de válvulas.
Arthur Wehnelt faleceu em 15 de fevereiro de 1944 em Berlim, Alemanha. Sua invenção, o catodo de Wehnelt como é conhecido, foi um enorme legado à evolução da termiônica.  fonte ;Carlos Fazano  

_________________
COLOCAR NO TITULO SEMPRE

MARCA-MODELO-DEFEITO
avatar
MODERADOR JULIO
MODERADOR
MODERADOR

Mensagens : 1031
Pontos : 5250
Data de inscrição : 26/03/2011
Idade : 58
Localização : Rio Grande RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum